segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria


         Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria

“Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria.
Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos.”
(Salmos 126:5-6)

O que significa semear em lágrimas? Significa trabalhar por algo, pagar o preço, ainda que este preço envolva sofrimento. O processo da semeadura nos traz muitas lições, ninguém consegue semear nada pela manhã e colher a tarde, é preciso esperar a semente germinar e depois crescer para que então os frutos apareçam. Nós precisamos resgatar o aprendizado da paciência que a semeadura nos ensina, o ser humano se torna cada vez mais imediatista, só pensa no hoje, no agora, não quer esperar por nada, mas é preciso pensar e trabalhar pelo amanhã.
O horizonte que o servo de Deus contempla vai bem adiante da aposentadoria, o cristão que tem sabedoria olha para a eternidade e trabalha pacientemente para colher nela os frutos do que tem semeado agora: “Sede pois, irmãos, pacientes até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador espera o precioso fruto da terra, aguardando-o com paciência, até que receba a chuva temporã e serôdia.
Sede vós também pacientes, fortalecei os vossos corações; porque já a vinda do Senhor está próxima.” (Tiago 5:7-8)
Quando o salmista fala de levar a preciosa semente andando e chorando, ele esta fazendo referência as lutas que nos advêm ao longo da nossa caminhada cristã. Nós somos chamados a suportar as aflições e ao mesmo tempo semear boas obras, mas sabendo que tudo isto nos produzirá uma colheita abundante na glória de Deus: “Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente;” (II Corintios 4:17).
Algo maravilhoso que vemos na semeadura é que a colheita é tremendamente superior ao que se semeia, uma única semente geralmente produz várias espigas cheias. Semear na adversidade da vida cristã não é diferente, a aflição que temos enfrentado não se compara com a recompensa que nos está preparada: “Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada.” (Romanos 8:18)
O que não podemos nos esquecer é que a justiça de Deus não permite que a lei da semeadura falhe jamais. Portanto, cada um de nós colherá exatamente conforme semeou. Se semearmos do fruto do Espírito colheremos vida eterna, mas se semearmos as obras da carne colheremos somente corrupção: “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.
Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna.” (Gálatas 6:7-8).
Agora, uma certeza gloriosa que podemos ter é que, quando semeamos o fruto do Espírito até o fim, quando não abandonamos a nossa lavoura, a nossa colheita de alegria é infalível: “E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido.” (Gálatas 6:9).

Semeando na presença de Deus, mesmo com lágrimas, para por fim trazer com alegria os meus molhos.
Sidone Gouveia

33 comentários:

  1. Glória a Deus!!! A palavra de Deus não volta vazia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado por participar irmão Silvio! Deus continue lhe abençoando!

      Excluir
  2. Nossa bela palavra deus abençoe. homem de Deus

    ResponderExcluir
  3. palavra abençoada de Deus ao meu coraçao!!!

    ResponderExcluir
  4. Edificante essas palavras. Louvado seja Deus.

    ResponderExcluir
  5. Bom ensino,que Jesus continue abrindo os teus olhos e dando sabedoria na palavra.

    ResponderExcluir
  6. Belas palavras meu irmão...
    Que Deus abençoe grandemente sua vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém irmão Natan! Que o Senhor lhe abençoe ricamente!

      Excluir
  7. Apaz do Senhor meu irmão! Que Palavra maravilhosa! Será que eu poderia publicar esse estudo no meu blog tb? Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A paz do Senhor querido irmão! Obrigado! É claro que pode publicar no seu blog. Ficarei grato se vc citar a fonte. Deus lhe abençoe!

      Excluir
  8. Glória Deus,palavra de bênção,que Deus continue abençoando o nosso irmão, que foi canal de bênção para os nossos corações.

    ResponderExcluir
  9. palavras sábias verdadeiras e, edificantes ; continue e que Deus derrame toda a sorte de bençãos, não só espirituais , mas também matérias segundo a sua vontade

    ResponderExcluir
  10. Paz de Cristo
    Edificante,bem explicada,sem enfeites...como a palavra de Deus tem que ser ensinada!
    Que esta Sabedoria que Deus lhe deu, permaneça Contigo...em Nome De Jesus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suas palavras me são muito encorajadoras irmã Talita!Deus continue lhe abençoando!

      Excluir
  11. Graça e Paz, meu irmão. Por acaso, acessei este texto, e gostei muito. Excelente perspectiva. Precisamos de fato refletir mais sobre mensagens como esta. É simples: para colher tem que plantar, e a colheita é exatamente resultado de todo o trabalho empregado. Se plantarmos com fé, com fé colheremos. Que Deus continue abençoando a tua vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém irmão Gilberto! Obrigado! Deus continue tb lhe abençoando!

      Excluir
  12. muito bom a palavra de DEUS é o nosso renovo

    ResponderExcluir
  13. Deus esteja ministrando mais e mais esta poderosa Palavra na tua vida, meu irmão. Que a graça te acompanhe mais e mais.

    ResponderExcluir