terça-feira, 22 de maio de 2012

O cuidado com a nossa família


O cuidado com a nossa família

“Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel.” (I Timóteo 5:8)

Aqui a preciosa palavra de Deus nos orienta com relação ao cuidado que devemos ter com os que são nossos, ou seja, com a nossa família, aqueles a quem Deus nos confiou para zelar e amar. Note que a palavra está dizendo que o que conheceu a verdade de Deus, mas não tem demonstrado cuidado para com a sua família não é comparado ao incrédulo, mas é pior do que ele. Pior do que não conhecer a verdade, é conhecê-la e não pratica-la (II Pedro 2:21).
Quando a bíblia nos fala do cuidado para com a nossa família, ela está, na verdade, falando primeiramente do cuidado com a manutenção e o sustento das coisas básicas como roupas e alimentos, o que nós chamamos de cuidado material. Mas o que ninguém deve imaginar é que o cuidado que devemos ter com os nossos resumi-se apenas nisto, além deste, precisamos atentar para o cuidado emocional e também para o cuidado espiritual.
O cuidado emocional diz respeito ao afeto que precisamos dispensar aqueles que Deus nos deu para amar, a bíblia diz: “Beijai o Filho, para que se não ire, e pereçais no caminho, quando em breve se acender a sua ira...” (Salmos 2:12). Pais precisam demonstrar aos filhos que os amam através de gestos de carinho e de cuidado. Cônjuges precisam demonstrar amor um ao outro, através de palavras, gestos e na preocupação com a satisfação sexual do outro: “O marido pague à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao marido. A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e também da mesma maneira o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher. Não vos priveis um ao outro... para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência.” (I Corintios 7:3-5).
Uma maneira de demonstrarmos cuidado emocional para com as pessoas que amamos é nos dirigirmos a elas sempre com palavras agradáveis e livres de arrogância e grosseria: “A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um.” (Colossenses 4:6). A obrigação do cristão é usar palavras agradáveis para falar com quer que seja, muito mais ainda para com os da sua família.
Além do cuidado material e do emocional existe ainda um terceiro, mais importante do que estes dois primeiros. Trata-se do cuidado espiritual. Somos responsáveis diretos por conduzir os nossos no caminho que agrada a Deus: “Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele.” (Provérbios 22:6). Pais cristãos tem a missão de plantar o amor ao Senhor no coração de seus filhos. Cônjuges tem o dever de levar um ao outro para cada vez mais perto de Deus (Eclesiastes 4:9-10).
Estamos vivendo em dias que muitos não tem realmente desejado que suas famílias estejam aos pés de Cristo. Josué também conviveu com pessoas assim, e ele lhes disse: “...escolhei hoje a quem sirvais... porém eu e a minha casa serviremos ao SENHOR.” (Josué 24:15) E você? Já decidiu o que você quer para a sua família?

Atentando para o cuidado que devo ter com a minha família, não só o cuidado material, mas também o emocional, e principalmente, o espiritual. Assim poderei sempre declarar que eu e minha casa pertencemos a Deus.

Sidone Gouveia

25 comentários:

  1. Muito bom meu nobre irmão, o texto ficou muito preciso, isso é uma verdade que infelizmente para muito foi esquecida... que Deus continue te abençoando....

    ResponderExcluir
  2. Mais uma vez muito obrigado pelo seu constante apoio prezado irmão! Deus continue abençoando vc e sua casa!

    ResponderExcluir
  3. SEM O AMOR DE DEUS NOS CORAÇÕES,NÃO TEM PAZ, NEM FELICIDADE,ENTRE OS FAMILIARES.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade irmã María Lucia! Obrigado por comentar!

      Excluir
    2. Eu oro a Deus, pra que todos consigam entender e praticar estas verdades bíblicas pois se assim vivermos teremos famílias saudáveis na presença do senhor.é isto...

      Excluir
    3. Deus lhe abençoe irmão Emerson!

      Excluir
    4. Meu Deus te agradeço pela vida do nosso irmão, que foi tremendamente usado pelo teu Espírito Santo.
      Como aprendi com essas ricas palavras. Deus me ensinou e mostrou o quanto preciso melhorar.
      Como é bom meditar na palavra do Senhor e buscar fazer a sua vontade.
      Deus continue abençoando sua vida Ir Sidone Gouveia.

      Excluir
    5. Amém!Obrigado por participar! Deus lhe abençoe!

      Excluir
  4. Iluminadas palavras irmão em Cristo. Que Deus continue lhe usando para pregar o evangelho. Deus abençoe sua eloquência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém irmão Júlio! Deus abençoe constantemente vc e a sua família!

      Excluir
  5. O mundo é um lugar frio e asustadoer, e a família é uma proteção que o Senhor Elohim criou para o homem.

    Gostei do tema, que Elohim abençõe todos vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade irmão Higino. A família é obra do nosso Deus! Obrigado por participar! Deus lhe abençoe!

      Excluir
    2. Que o Senhor abençoe todo o seu povo ai em Angola!

      Excluir
  6. que as familias crista reconheça essa verdade, que so atraves de cristo as nossas familias irao morar no ceu, que o Senhor continue te abençoando mas com lindas mensagem

    ResponderExcluir
  7. Lindo e edificante o texto,me preoculpo muito em cuidar da familia que DEUS me deu como presente.
    DEUS abençoe sua vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém! Obrigado!Deus abençoe também a sua vida e a sua família!

      Excluir
  8. e quando um pastor manda uma irmã dar um basta no casamento para que o cargo que ela lidera não venha sofrer, oque me diz?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um absurdo irmão Nascimento! Deus odeia o divorcio e só o aceita em caso de infidelidade. No mais, a família dever vir antes da igreja nas nossas prioridades. Deus abençoe!

      Excluir
  9. Muito edificante. Gostei muito.

    ResponderExcluir
  10. Amei a reflexao. Eu mesma, por muito tempo agi assim. Deixei o cuidado da casa e dos filhos para "fazer a obra"
    Fou num encontro de mulheres que ouvi esse texto pela primeira vez.
    Desde dia por diante mudei minha forma de encarar meu dia a dia e passei a ser uma dona de casa melhor e uma mae mais responsavel.

    Grande abraco a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por participar irmã Irinalva! Deus lhe abençoe!

      Excluir